Com 6 mortos e mais de 140 cidades com estragos, SC tem ventos de 100 km/h e novos danos

Santa Catarina contabiliza novos estragos causados pela chuva forte e volumosa, queda de granizo e ventos durante a noite de segunda-feira (16) e madrugada desta terça (17). Em Chapecó, no Oeste, as rajadas chegaram a 100 km/h, segundo o monitoramento virtual da Epagri/Ciram.

Seis pessoas já morreram desde o início do mês por conta das chuvas e 145 cidades registraram estragos. Ao menos 125 também decretaram situação de emergência.

Por conta dos ventos fortes, Chapecó amanheceu com árvores caídas e casas destelhadas. Em Irani, também no Oeste, casas também foram atingidas e o município precisou distribuir lonas.

Já em Cordilheira Alta, houve queda de árvores sobre uma estrada no município e funcionários precisaram desobstruir a via. Também houve registro de estragos em Entre Rios e Mondaí.

Previsão de mais chuva, diz Defesa Civil

Santa Catarina segue em alerta por conta das chuvas no estado. Os acumulados devem ser elevados devido a intensidade da chuva e alguns temporais pontuais, especialmente no Oeste e o Planalto Norte.

“O risco é moderado a alto para destelhamentos, danos na rede elétrica, queda de galhos e árvores, assim como para alagamentos, deslizamentos e enxurradas e inundações”, informou a Defesa Civil.

Na quarta-feira (18), as instabilidades perdem força, mas o tempo ainda segue com bastante nebulosidade e deve ocorrer chuva fraca em todas as regiões, em especial nas áreas próximas ao estado do Paraná.

Músicas, notícias, promoções exclusivas, coberturas de shows e eventos e ações publicitárias no rádio e em vídeos para todas as plataformas digitais!

RBN 94,3 FM

© 2023 RBN 94,3 FM. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por GB Dev – Agência de Websites